Dia de Encontro, em minha casa!

Como previsto, fiz cupcakes e pão de malte. Pra acompanhar capuccinos e espressos como forma de festejar o fim de uma longa batalha pelo conserto de minha máquina de espresso!!! E pra fechar a noite: afogattos.
Cupcakes da Suzanne
Fiz duas receitas dos cupcakes da Suzanne, uma normal, sem chocolate com duas colheres (café) essência de baunilha e outra com chocolate, igual mostrei aqui no blog alguns posts atrás.  A de baunilha rendeu 10 cupcakes médios e oito minis e a de chocolate 10 médios e quatro minis (caprichei um pouco mais).
Como cobertura usei chantilly e ganache de chocolate meio amargo.  E nos cupcakes médios de baunilha acrescentei uma colher (chá) purê de tâmaras e ameixa como recheio. No fim ficaram assim:

Cupcake de chocolate com chantilly: 3,7 pontos
(161,0cal, 8,2gtot, 19,9carb, 2,4prot e 0,8fibra)
Cupcake de chocolate com ganache: 4,7 pontos
(213,0cal, 10,2gtot, 27,4carb, 3,3prot e 1,9fibra)
Mini-cupcake de chocolate com ganache: 1,6 pontos
(71,0cal, 3,4gtot, 9,1carb, 1,1prot e 0,7fibra)
Cupcake de baunilha recheado com purê de tâmaras e ameixa, coberto com chantilly: 3,6 pontos
(154,8cal, 7,4gtot, 20,2carb, 2,2prot e 0,4fibra)
Mini-cupcake de baunilha com chantilly: 1,0 ponto
(40,4cal, 2,5gtot, 6,0carb, 0,7prot e 0,1fibra)


Pão de malte

400g malte de cevada
1230g farinha de trigo
2 ovos grandes
400ml leite desnatado
100g margarina light sem sal
2 colheres (sopa) açúcar
10g fermento biológico
1 colher (sopa) sal
            – ferva o malte com leite, manteiga, açúcar e sal.  Deixe amornar e bata no liquidificador com os ovos, por três minutos.  Despeje numa tigela e acrescente o fermento e a farinha, sovando até soltar das mãos.  Cubra com um pano de prato e deixe crescer até dobrar de tamanho.  Divida a massa em oito partes iguais, como era um pão para o encontro eu pesei cada parte e ficaram sete partes de 280g e uma de 270g. Dê a forma desejada aos pães e deixe-os crescer novamente até dobrar de tamanho.  Asse em forno médio por 40 minutos aproximadamente.  Dois desses pães eu enformei em formas de bolo inglês e eles renderam 18 fatias cada, peguei essas fatias, voltei pro forno e fiz torradinhas que comemos com requeijão light e geleia de damasco diet.
6,5 pontos por pão de 280g
(696,9cal, 11,6gtot, 139,1carb, 29,3prot e 42,2fibra)
18 fatias de 0,4 ponto
(38,7cal, 0,6gtot, 7,7carb, 1,6prot e 2,3fibra)

Afogatto
1 bola de sorvete
1 colher (chá) chantilly
1 colher (chá) calda de chocolate
1 espresso
            – tire um espresso fresquinho, sobre ele uma bola de sorvete, sobre esta o chantilly e sobre o chantilly a calda de chocolate.

1 afogatto de 3 pontos
(130,4cal, 5,2gtot, 19,4carb e 1,7prot)

Vitória da Conquista, 2012.

Nosso Encontro Semanal – Na Casa de Lorena

Como em todos os encontros, este foi mais um delicioso.  Lorena, mesmo com Alice exigindo-a constantemente, preparou várias delícias pra gente.

Uma salada de vários alfaces, dois tabuleiros de kibe assado, um patêzinho de grão-de-bico delicioso e esse bolo aí da foto.

Um bolo integral que é a uma de suas especialidades e se faz assim:

250g açúcar mascavo
250g aveia em flocos
200g farinha de trigo com fermento
200g margarina light
Recheio da sua preferência
            – misture os ingredientes com as mãos até homogeneizar bem, espalhe metade numa assadeira untada, coloque o recheio e cubra com o restante da massa.  Aperte a massa molhando as mãos algumas vezes. Leve ao forno até corar.

30 pedaços de 2,6 pontos (sem contar o recheio)

No caso do bolo de hoje Lorena recheou com ameixas secas, estava tão perfumado.

Vitória da Conquista, 2011.

Nossos Encontros…

      Eu queria ter foto de todos os encontros mas não tenho…
      Eu queria poder expressar tudo que sinto por essas garotas, mas me faltam palavras…


      Então estou aqui, postando fotinhas, cheias do meu amor…



      Alguns encontros foram fáceis e baratos, outros nos custaram caroooo, como esse São João cheio de pontos, kkkkkk
      Em outros as risadas foram tantas, as línguas afiadas e a gente saindo sempre mais leve, quando não com menos peso pelo menos com a alma levinha, levinha 🙂



      O que importa é, como Morena diz, não só a reeducação alimentar, nosso grupo é de reeducação emocional, e eu só queria dizer o quanto vocês me fizeram bem.

      Hoje eu sou uma pessoa melhor, muito mais leve, mesmo que a maioria do peso tenha saído  do mundo que eu pensava que tinha que levar nas costas.

Vitória da Conquista, 2011.

Nosso Encontro na 5 Continentes – Parte Dois

E lá fomos nós pra Sanduicheria de novo, depois de algum tempo…

O lugar aumentou, ficou mais claro e a comida continua ótima.

Nas fotos estão: Morena, Virgínia e Kika, Amanda e Alice (filhotinha de Kika Maria), o Americano a Bolonhesa de Amanda, o Paninni Pesto que eu, Virgínia e Kika comemos, o Filé Mignon com Gorgonzola de Morena e os profiteroles lindíssimos.

Também pedimos uma fatia de bolo de amêndoa, chamado ultrafondant de amêndoa, delicioso mas que nem deu pra tirar foto, só das migalhas no prato, hihi.

Foi o que sobrou pra foto, mas não sobrou no prato, haha

Vitória da Conquista, 2011

Nosso Encontro no La Forneria

Eita que essa gente VP ficou chique viu?

La Forneria é um restaurante lindo que fica num dos hotéis mais bacanas da cidade, tem a fama de preços impraticáveis, mas é perfeito para encontros românticos, dias especiais e desejos de comida perfeita.

Estávamos comemorando a felicidade de sermos VP, de sermos amigas, mas também a oficialização da condição civil de Amandex e o dia do Engenheiro Florestal, meu dia!!!

Na foto não aparecem nem eu, nem Elder, nosso companheiro do sexo oposto que as vezes, bem de vez em quando, dá as caras. Da esquerda pra direita estão: Morena, Margô, Amanda (na manutenção e maaaaaagra), Virgínia, Poliana, Lorena (faltando pouquíssimo pra não estar mais carregando Alice).

As comidas foram incríveis, começamos com um Antepasto que veio com várias coisas mimosas e eu esqueci de fotografar, tinha tomate assado caseiro, alho assado, uma fatia de fritatta, camponatta lindíssima, azeitonas deliciosas, mussarela de búfala e uma cestinha de pão perfeito.

Da esquerda pra direita, em sentido horário estão o macarrão ao molho sugo com almôndegas de Amanda, os filés recheados com presunto de Parma, no molho funghi e risoto de Elder, a bruschetta de tomate, parmesão derretido, presunto de Parma e molho pesto de Margô e a bruschetta de brie, geléia de pimenta e nozes de Poli (com 13, 19, x e 8,3 pontos respectivamente).

Nesta, no sentido horário da esquerda pra direita, estão o lindo prato de “Grelhados Mediterrâneos” que dividi com Virgínia, com os frutos do mar mais no ponto que já experimentei e um molho de limão siciliano que estava perfeito, o penne com molho de gorgonzola e nozes de Morena, e a saladona que dividi com Virgínia e Amanda (8, 18 e 0 pontos respectivamente).

Faltou a foto da sopa de abóbora com gorgonzola de Lorena, que esqueci de fotografar 😦

Foi mesmo um encontro lindo, gastronomicamente perfeito e mais que tudo, divertido!

Amei 🙂

Vitória da Conquista, 2011.

Nosso Encontro na Casa de Virgínia – Waffles

Bem, lá fomos nós comer essas delícias na casa da Virgínia, fiz duas receitas, uma doce e uma salgada, saídas do livro maravilhoso de  Dona Benta.

Foi um sucesso, bem mais legal que essa foto aí ao lado, dos primeiros exemplares e com um enquadramento ma-ra-vi-lho-so de Morena, kkkkk.

Waffles doces
 2 xícaras (chá) farinha de trigo
1 colher (chá) canela
1/2 xícara (chá) açúcar light
2 colheres (chá) fermento em pó
1 1/2 xícara (chá) leite desnatado
1/2 colher (chá) noz moscada
1/2 xícara (chá) margarina light (4 colheres de sopa)
3 claras e 1 gema
            – bata as claras em neve e reserve. Misture todos os ingredientes secos, acrescente a gema e o leite, misture bem, junte a margarina derretida e por fim as claras em neve delicadamente.

12 porções de 1,5 pontos

Waffles salgados
2 xícaras (chá) farinha de trigo
1 colher (sopa) açúcar light
2 colheres (chá) fermento em pó
3 claras e 1 gema
4 colheres (sopa) margarina light
1 1/2 xícara (chá) leite
1/2 colher (sopa) sal
2 colheres (sopa) queijo parmesão light ralado
            – Bata as claras em neve e reserve. Misture os secos, acrescente a gema, o leite e a manteiga derretida, misture bem, acrescente as claras delicadamente.

12 porções de 1,3 pontos

Vitória da Conquista, 2011.

Nosso Encontro no Blanco’s

Palavras de Virgínia: “O encontro no restaurante mexicano foi delicioso: pra começar Amanda estava especialmente feliz por ter recebido as chaves do apartamento; em breve o casal Amanda e Guilherme estarão de novo endereço! Eu, Daíse e Lorena chegamos juntas, cheias de fome e vontade de comer! Daíse e Lorena conhecem os pratos… ajuda bastante! Depois chegou Poli, Morena e, por fim, Camila. As fotos tem as cores da alegria da noite, peço a Daíse para explicar com legenda cada uma!

Beijos com sabor de coalhada azeda!”
É por isso que amo ela, ela é boba demais…

Opa, a primeira foto são as quesadillas que Morena sugeriu, o prato da esquerda recheadas com costela ao molho barbecue e as outras de vegetais (palmito, champignon etc e tal), deliciosas, 6 pontos pras primeiras e 4 pras outras, dividimos pra poder comer um pedaço de cada, kkkkk.

O lindo cheesecake que Virgínia pediu só pra ela e se arrependeu só porque valia 7 pontinhos, kkkkk, comeu metade, dividiu com as outras a outra metade e eu só comi os morangos porque descobri que valem zero (a doida aqui tava contando 1 ponto pra cada morango, sabe-se lá pq, pensando bem acho que sei, olhei o custo depois de uma noite no Viela, muita Stella na cabeça, kkkkk).

Os nachos que Camila pediu e levou uma quentinha pra casa, cada quatro nachos custam 1 ponto, mais os recheios.

E na última as flautas, nosso petisco luxo de entrada, tortillas de milho recheadas com queijo e purê de batata, acompanhadas de sour cream (que não é coalhada, coalhada é leite mais iogurte ou coalho, 12 horas fora da geladeira, escorre por mais 12 horas num pano limpo dentro da geladeira e come, o sour cream é creme de leite azedo, só creme de leite e uma colherinha de limão ou vinagre, meia horinha na geladeira e pronto, guardou Lorena??), guacamole e uma pimentinha deliciosa que não sei porque chama pico de galo, mas ok né? Contamos um ponto pra cada.

Eu ainda trouxe pra casa um burrito pro marido lindo, uma tortilla de trigo gigante, recheada com arroz mexicano, feijões refritos, carne, todo lindo e cheiroso mas eu com uma enxaqueca insana nem experimentei, e também, pelo tamanho eu não saberia calcular quantos milhares de pontos teria um burrito 🙂

Vitória da Conquista, 2011